Salta, o divisor de águas

E vamos para Salta!

Salta, to cheganu <3

Salta, to cheganu ❤

Bem, quando saí de Buenos Aires estava totalmente falida (com duas semanas de viagem ¬¬’) então apelei pro santo Couchsurfing.
Quão grande foi minha surpresa quando ao chegar, vi que o local era na verdade um hostel. Mas não qualquer hostel! Senhoras e senhores, um Loki! O Loki Salta! [Pausa I pra lagriminha de emoção]

Para diversão, vire a esquerda :D

Para diversão, vire a esquerda 😀

[Pausa II pra explicar o tamanho do babado:
Os Lokis todos, que são cinco: Cusco, Lima, Mancora, La Paz & Salta, são tradicionalmente conhecidos na comunidade mochileira como os melhores party-hostel da América Latina, exceto por Cusco, já que todos concordam, a festa é bem melhor no WildRover, seu concorrente mais próximo.]

A vista da varanda. Ali do ladinho tem uma piscininha #lusho

A vista da varanda. Ali do ladinho tem uma piscininha #lusho

Pois então, estava eu nesse negócio maravilhoso – que parece um resort – DE GRÁTIS! Obrigado, jesuis!

Lá conheci pessoas que com toda certeza influenciaram o resto da minha viagem. De verdade.
Desde o gerente Mitch, que me ~conseguiu~ um emprego mais tarde, e seus pais, as pessoas MAIS MARAVILHOSAS DESSE MUNDÃO SEM PORTEIRA; passando pela Estephani, que nasceu/mora em Cusco e é uma linda e nós nem sabíamos até então, mas nos tornaríamos melhores amigas numas das piores barras que já enfrentei na vida [explico melhor quando finalmente chegarmos a Cusco]; uma irlandesa gente fina que viajou comigo por uns dias e nos ajudamos a enfrentar Tupiza; e Dre, um dos donos dos Lokis e que, mais tarde descobri, é melhor amigo de um dos caras mais legais que conheci na Colômbia, o Jamie! [Jamie, love you, u cunt!]

Foi lá que aprendi o que diabos é um Blood Bomb e testei minha resistência ao álcool de forma estarrecedora. Descobri como sou péssima com números e sequências quando bêbada & que não preciso gastar dinheiro pra manguaçar, basta abrir um botãozinho no decote #vendida&alcolatra

E os famigerados Blood Boombs <3

E os famigerados Blood Boombs ❤ Com Mitch ali do lado, com cu cheio de rum à essas alturas do campeonato

Bem, de lá partimos pra Bolívia de busão! Eu e a irlandesa que mencionei ali em cima (nomes continuam me traindo).

Próximo capítulo: Bolivia. Com direito a: meu primeiro trabalho na vida fora de um escritório, brigas, festas, primeiro bar de cocaína no mundo [que não vende cocaína], a segunda bysha mais gay da viagem, subida de montanha & como sempre muito muito amor ❤

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: